Aderaldo Ferreira

Aderaldo Ferreira da Costa nasceu em Campina Grande / PB em 31-08-1958. A busca por respostas que os segmentos religiosos não conseguiam responder satisfatoriamente o levou ao espiritismo e ao estudo dessa doutrina consoladora. Hoje, depois de tantas respostas obtidas, reconhece não está preparado para todas elas. Ainda criança, uma pergunta dentre muitas, às vezes vinha à mente: “Se não fosse filho do meu pai e da minha mãe, tenho certeza que seria outra pessoa; mas quem eu seria? Temos um longo caminho a percorrer antes de muitas respostas, mas, certamente nesse caminho haveremos de exercitar as leis imutáveis de Deus a exemplo da lei do progresso, do trabalho, do amor.” Na atividade profissional é hoje economiário aposentado e arquiteto, considerando-se aprendiz das artes plásticas e da fotografia, aventurando-se ainda, expressar sentimentos que lhe dizem respeito ou não, através da poesia. “Agradeço dessa forma a oportunidade de expor aqui algumas delas.”

Nossas Tarefas

Deus não nos sobrecarrega com tarefas que não possamos realizar. As pedras mais pesadas para transportar, são entregues às almas mais preparadas que nós. Presenciar a partida de um ente querido para o mundo espiritual faz parte da missão que nos foi confiada, muito embora seja apenas o início de tantas outras tarefas para chegarmos à plen...

Sonho Renitente

As pegadas num caminho que não fizSão trajetos que nunca pude trilharSão lembranças da voz que hoje dizCom certeza outro sol há de brilhar As palavras minha vida revigoraIlumina os caminhos a seguirFortalece meu viver a cada horaA dizer pra dar mais do que pedir E nas asas de um sonho renitenteDivagando quase que inconscienteEu ...

Outro Lado - Outra Vida

Havia algo marcadoNaquela curva da vidaUm grito inesperadoNum beco sem ter saída Alguém estava a chamarDo outro lado do muroA mão tentei alcançarMas antes fez-se escuro Quanto tempo, eu não seiE quando me enxergueiHaviam-me socorrido Estava do outro ladoDo meu corpo separado ...

Eu Existo Sim

Talvez te roube os sentidosPerceberás outro mundoNão ouvirás os gemidosMeus atos serão temidosAgindo a cada segundo Talvez eu traga uma taçaContendo um pouco de dorMas saiba que logo passaQual neblina ou fumaçaCom a sua própria cor Talvez te leve com calmaNa palma da minha mãoSe hoje te vejo almaSairás sem esse traumaDo cor...

Sintonia

Hoje posso entender o que tu dizesSendo alegria, saudade, tristeza e dorSinto que há sintonia sem deslizesCom doação, trabalho, fé e amor Pense agora no que ontem eu te disseO Pai te ouve, portanto não chore maisPosso sentir essa dor que tu sentissesComo plasmasse atitudes anormais Que tu possas esquecer aquela mágoaVê teu brilh...

Mediunidade

Já percebo agora o que eu sintoJá não vivo entregue a solidãoJá percebo as luzes do recintoNesse grupo percebo a multidão Já não vivo perdido em minha falaJá escrevo com as mãos do coraçãoJá percebo do mundo outra escalaMinha mão serve para outra mão Percebendo, mais distante posso irSe entendo, peço e dou o meu perdãoEscrevendo...

Criança Espiritual

Sou criança com a sede do saberExercício do pouco que eu já seiSei que o Pai está a me protegerMesmo assim vou colher o que plantei Sou criança da vida espiritualEstou perto desse ponto de partidaBem distante do ponto quase finalProgredir é regra de qualquer vida Andarilho, peregrino do universoAs pegadas percebo no meu regresso...

Cura de um leproso

Depois do belo SermãoEle descendo o monteOfertou-se a multidãoEm água daquela fonte Um leproso lhe falou:Se queres serei curadoDisse Jesus com amor:Que sejas purificado A lepra logo sumiuAli quem estava viu“Não fales pra mais ninguém” Não penses que foi a sorteVai mostrar-te ao sacerdote ...

Terceira Idade

 Amar para sempre e por todo sempreAmar tão intenso e por toda vidaAmar quem chegou tão alegrementeAmar com a dor de uma despedida Sorrir todo dia ao som das saudadesSaudade de tudo, em todos os diasSorrir conquistando outras amizadesGrandes amizades trazendo alegrias Pisar no altar da felicidadeA graça do branco ...

Meu Irmão

Nas flores de toda vidaNas ondas de qualquer marHá sempre uma despedidaHá sempre de quem lembrar Na cor de um coração Nos laços da amizadeHá sempre uma razãoHá sempre uma saudade Nas páginas daquele livroSinais de que estás vivoDiz a minha intuição As pedras vão se encontrarHá fogo dentro do marEu sei que sou teu irmão....

Veredas

Eu busco em ti o sagrado Eu tento ainda enxugar A lágrima do meu olhar O manto não foi rasgado   Palavras que foram ditas Luminância de uma luz Veredas verdes e azuis Brilho de almas benditas   Caminhos que hoje piso Tudo faz lembrar você De criança é teu sorriso   É exemplar teu viver...

Reencarnação

Imantados de força de fé e luzTecem fios em preparação bondosaEm mundos de vida bem mais ditosaSão obreiros a serviço de JesusO trabalho preparando o novo serA roupagem já está quase ligadaOperante de forma mais adequadaEsse filho teme ainda renascerCorrigindo os seus erros de outroraUm quer vir, outro não e mesmo assimVem Maria, Segismun...

Renovação

Fagulhas principiantesTrajetos de todo serEm átomos ou diamantesSem precisar convencerNo mar, essa imensidãoNo verde da naturezaNa chuva que molha o chãoNa migalha há grandezaNa terra, uma multidãoNa morte, celebração E tudo enfim se renovaHá vida além daquiIremos também partirBusquemos a Boa Nova...

Transição

A maldade já não tem como viverO ócio foi vítima do seu cansaçoA inveja já não tem razão de serA malícia caiu em seu próprio laçoAs estrelas brilhando lá nas alturasE o sol do novo dia vai nascerA essência contida nas escriturasA vontade de viver pra renascerE a terra assim como aquela rosaTão grande, pequenina e preciosaEm transição que...