Notícias

Trabalho analisa a experiência da prisão sobre o prisma espírita

25 de Janeiro de 2020 às 12h00
O livro está pronto para o lançamento

A prisão é, sem sombra de dúvidas, uma das experiências mais árduas que alguém pode suportar. Mas, para além do confinamento entre quatro paredes como medida punitiva da restrição do direito sagrado à liberdade, há outras formas de prisões não menos punitivas. Assim como há também prisioneiros para quem a prisão é uma experiência paradoxalmente, libertadora. Essas e outras questões são analisadas pelo terapeuta, escritor, conferencista e ativista social Rafael Lavarini em seu mais recente livro intitulado: “Os prisioneiros do Cristo”.

Na obra, cujo lançamento está previsto para ocorrer no dia 30 de julho, o autor apresenta uma ampla abordagem acerca da prisão com o foco nos vários aspectos espirituais, psíquicos e sociais que envolvem o tema, tomando como eixo central, a árdua e enriquecedora experiência daquele que foi um dos maiores mártires do Cristianismo, Paulo de Tarso. Dentro dessa perspectiva enriquecida pela visão espiritista, Lavarini se propõe em trazer à consciência a valorização humana, por meio da restauração de histórias emblemáticas daqueles que estavam encarcerados diante da vida. O relato é enriquecido por fragmentos das prisões amargadas de Jesus Cristo e em especial, o grande Prisioneiro do Cristo, Paulo de Tarso, ao lado de relatos de personagens coadjuvantes, como Filemon, Onésimo e Dimas, com profundos testemunhos de arrependimento e perdão.

Ao adotar uma abordagem transversal e atualizar o tema no tempo presente, o livro desvela, ainda, uma possibilidade de reconstrução no processo punitivo penal, a implementação da APAC - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados que harmoniza a justiça de Deus e dos homens, promovendo a punição julgada pelos homens valorizando o ser. Para Lavarini, o seu sentido de espiritualidade é, indubitavelmente, o código divino de libertação espiritual de todo ser humano, vivencie ele uma prisão de dentro ou de fora das grades, pois “Amando ao Próximo Amarás o Cristo, e é assim que farás a vontade do Pai e poderás entrar no Reino dos Céus”.

Rafael Lavarini é natural de Sete Lagoas (MG) e reside atualmente na cidade de Paulista (PE), onde além de manter o seu trabalho de escritor e conferencista é fundador/presidente da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – APAC de Pernambuco que trabalha com a recuperação de condenados e prestando apoio às famílias desses e das famílias das vítimas. A entidade tem alcançado a resocialização de 85% dos encarcerados. Lavarini também é voluntário e divulgador da ONG Fraternidade Sem Fronteiras e samaratino líder do refúgio 343, que presta acolhimento digno e humanitário aos refugiados venezuelanos.

Dados sobre a obra

Título: Os prisioneiros do Cristo
Editora: Fergus Editora
Data de lançamento: 30 de julho de 2020
Lançamento: virtual pelos canais do youtube de Rafael Lavarini e pela TV CETE.