Notícias

11º FACINHO ocorre em julho, na sua casa e totalmente gratuito

14 de Janeiro de 2020 às 12h30

O Festival de Arte e Cultura Espírita de Campina Grande completa em 2020 a sua 11ª Edição, e em virtude da Pandemia deste momento, será realizado totalmente de maneira virtual, de modo a resguardar a saúde dos participantes e de seus colaboradores.

O evento acontecerá entre os dias 24, 25 e 26 de julho, e as inscrições para algumas atividades estão disponíveis através do link https://www.festivalespirita.com.br/inscri%C3%A7%C3%A3o-zoom e https://www.festivalespirita.com.br/inscricao-facinho. A transmissão das atividades se dará através da plataforma Zoom e do Youtube.

A programação deste ano contempla shows musicais, mostra de curta metragem infantil espírita, oficinas de dança, pintura virtual, teatro, contação de histórias, declamações poéticas, atividades com a família, mostra de talentos, mostra de artes plásticas, brincadeiras infantis e muito mais. a lista completa e detalhada você pode verificar no site do evento disponível em https://www.festivalespirita.com.br/.


SOBRE O FACINHO

O Festival de Arte e Cultura Espírita Infantil(FACINHO)é uma realização da Associação Municipal de Espiritismo de Campina Grande (AME-CG), com apoio da Federação Espírita Paraibana (FEPB) e nasceu como proposta destinada ao público infantil, dentro do Festival de Arte e Cultura Espírita de Campina Grande (FACE),que se encontra na sua 23ª edição e tem como objetivo despertar o potencial criativo do indivíduo, apresentando a arte como ferramenta de transformação do ser.

No decorrente ano, os protocolos de segurança sanitária recomendam a não realização de eventos com aglomeração de pessoas, devido a pandemia do COVID-19, alterando a rotina das famílias e das crianças causando grande impacto no cotidiano de ambos. Neste momento, é fundamental acolhê-las e criar um ambiente em que possam expressar seus sentimentos.

Através da arte, as crianças – enquanto seres imortais - acessam o mundo interno, suas percepções, afetividades, aflições, angústias e experimentam suas individualidades em relação aos outros e ao meio que estão inseridas.

Flauber Barreto
Redator Espírita Online