Blogs e Colunas

Pode isso, Arnaldo?

07 de Julho de 2020 às 18h30

Elen de Souza - @elensouzaalarca

ver todas as postagens »

“Quero assistir ao sol nascer

Ver as águas dos rios correr

Ouvir os pássaros cantar

Eu quero nascer

Quero viver”  (Cartola)


Cartola, um dos maiores sambistas da história do Brasil. Compositor de letras que tocam diretamente na alma. Mesmo quem não gosta do estilo musical, não tem como negar a grandeza poética de suas composições. Foi aos 66 anos que gravou o primeiro disco e tornou possível que ainda hoje tantas pessoas possam ouvir suas belas canções.


Eu não sei vocês, mas já ouvi tantas pessoas  relatarem que desistiram de fazer algo novo por causa da idade. Muitos inclusive já se sentem velhos aos 30. Pode isso, Arnaldo?


Acontece que a sociedade estabelece alguns padrões que por muitas vezes se tornam fatores de opressão. Quando menos percebemos já estamos agindo inconscientemente pautados pelas "regras da idade."


É como se a vida tivesse que seguir uma “receita” exata, onde cada realização está relacionada com uma determinada idade..Nós, espíritos em jornada num mundo de provas e expiações nos deixamos levar pelos anseios do tempo. Sem ao menos nos atentarmos que o tempo é relativo.


 Na Bíblia, em Eclesiastes há um texto atribuído ao  Rei Salomão, que traz uma preciosa lição sobre o tempo.


“ Tudo tem o seu tempo determinado, e que há tempo para todo o propósito sob o céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer. Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou. Tempo de derrubar, e tempo de edificar. Tempo de chorar, e tempo de rir ou de dançar.Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se.  Tempo de buscar, e tempo de perder. Tempo de guardar, e tempo de lançar fora. Tempo de rasgar, e tempo de costurar.Tempo de calar, e tempo de falar.”


Tudo acontece no tempo certo meus amigos. Não se sintam “adiantados” e nem “atrasados”. Aproveitem as oportunidades e desfrutem as alegrias das suas realizações. Não importa se estão no auge da mocidade ou já cultivando a sabedoria do cabelos brancos. Sejam felizes hoje. Ajam, façam, realizem e sigam em frente.


A vida é um presente de Deus. A cada dia nos é concedido uma nova oportunidade, um novo recomeço. No livro Alma e Coração, Emannuel nos traz um reflexão através da psicografia do querido Chico Xavier:


“Tudo na vida pode ser começado de novo para que a lei do progresso e de aperfeiçoamento se cumpra em todas as direções. Efetivamente, em muitas ocasiões, quando desprezamos as oportunidades e tarefas que nos são concedidas na Obra do Senhor, voltamos tarde a fim de revisá-las e reassumi-las, mas nunca tarde demais!”


Lembrem-se sempre disso: Nunca é tarde demais!


"Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez"

(Jean Cocteau)


Fontes de pesquisa: Chico Xavier, livro Alma e Coração

Bíblia online

pensador.com/frases