Blogs e Colunas

A Prece

14 de Janeiro de 2020 às 20h40

Anna Moreira - @cantinho_espirita

ver todas as postagens »

A prece faz parte da Lei de adoração que consta no Livro dos Espíritos, das leis naturais.


A prece é evocação, pedi e obtereis. No arrombo da alma poderemos nos conectar com Deus e os espíritos amigos nas dúvidas, conflitos e angústias de nossa vida.


Mas muitos se enganam ao pensar que a prece requer formas, posições, palavras difíceis e de longa duração. A oração que mais agrada a Deus, ou seja, a que a torna mais eficaz é aquela que fazemos de âmago do nosso coração, tocado de sinceridade, humildade, elevando nossa sintonia ao Pai Maior.


Portanto, devemos orar sempre que tivermos a necessidade para isto. Seja nos momentos difíceis e alegres, devemos reportar Àquele que nos deu a oportunidade de vivenciar tais experiências.


Que possamos usar com mais sabedoria esses recursos. Que lembremos mais de Deus, de sua bondade e amorosidade ao louvá-lo, pedir resignação e fé diante as dificuldades e não coisas materiais e absurdas de acontecerem. Que possamos agradecer por tudo aquilo que chega e sai de nossas vidas.


Que possamos lembrar o quanto o recurso da prece é magnífico. Através dela podemos fazer o bem, orando por aqueles que necessitam da assistência dos bons espíritos, e estes, ligados a nossa boa vontade, farão tudo que estiver ao seu alcance.


Que a gente não esqueça que se oramos pelos vivos, devemos orar também pelos vivos na vida eterna. A vida continua...e muitas das vezes são as nossas orações que ajudam àquele espírito a sair de uma condição difícil.


Então, oremos. Mas oremos com amor, com cumplicidade, humildade e resignação. Todas as preces são ouvidas. 


Anna Moreira

@cantinho_espirita