Blogs

Antonio Carlos Tarquínio

Mestre em filosofia pela PUC-SP e doutor pela mesma instituição. Articulista e comentarista de notícias do Jornal Nova Era na Rádio Boa Nova e TV Mundo Maior, emissoras da Fundação Espírita André Luiz. Na Rádio Boa Nova é também apresentador e realizador do programa "Pensamento e vida". Possui vários artigos publicados em revistas especializadas em filosofia.

‹ VEJA TODOS OS POSTS
03/01/2020 às 17h00

Dai e vos será dado

Facebook Compartilhar

 “Dai e vos será dado” (Lucas, 6:38)

O “dar” antecede o “receber”.

A “faculdade compreensiva” tem de ser movimentada, atualizada em nós por nós, e na proporção que desencadeamos o processo, as coisas começam a acontecer.

Quando se fala que não há caminho para a paz, porquanto a paz é o caminho, penso poder estender o conceito a toda aquisição de valores ligados ao acrisolamento do espírito.

Para quem despertou para a necessidade de desenvolvimento da tolerância, por exemplo, não será lendo tratados sobre o assunto que se tornará menos intolerante, mas, exercendo condescendência e aceitação no campo de lutas diário, expulsando a intransigência das atitudes que lhe compõem a personalidade.

Se quisermos “aquilo” em vez “disso”, teremos de encontrar uma forma de provisionar nossa existência, a cada dia, com mais “aquilo” e menos “disso”, diminuindo-o até a sua total extinção. Semelhante procedimento ninguém pode fazer por nós.

A desenvolução sadia de nossa pessoalidade exige decisão diante dos caminhos a seguir. E ninguém que percorra um itinerário específico chegará a outro lugar do que o estabelecido no roteiro.

Assim como do pé de abóbora não nasce abacate, do mesmo modo um leitor de tratados não avançará um centímetro na prática efetiva se não se puser a caminho, caso contrário, não passará de um simples intérprete de textos, como disse certa vez Epicteto.