18/04/2017 às 09h05

Espíritas comemoram os 160 anos de “O Livro dos Espíritos”

Obra basilar da doutrina Espírita, “O Livro dos Espíritos” foi lançado no dia 18 de abril de 1857

O Estado com Redação EO Facebook Compartilhar

Em comemoração dos 160 anos de O Livro dos Espíritos, obra basilar da Doutrina Espírita, a FEB (Federação Espírita Brasileira), lançou materiais de divulgação e um selo comemorativo. O arquivos podem ser baixados nos links:  material de divulgação da FEB

“Esta data é um marco. ‘O Livro dos Espíritos’, escrito sob a forma de perguntas e respostas, constitui a essência dos ensinamentos espíritas. A partir dessa obra, e com base nela, outras foram escritas, são elas: “O Livro dos Médiuns”; “O Evangelho Segundo o Espiritismo”; “O Céu e o Inferno” e a” Gênese”. É importante lembrar que o livro é uma obra coletiva, visto que Allan Kardec não se considera o autor, mas aquele que organizou o livro”, esclarece Osmir Freire, presidente da Femar (Federação Espírita do Maranhão).

O Livro dos Espíritos

Lançado em 18 de abril de 1857, na França, o livro está estruturado em forma de perguntas e apresenta a base da nova doutrina, denominada por Kardec de Espiritismo ou Doutrina Espírita. “O Livro dos Espíritos” é a obra de estudo inicial do Espiritismo, de aspecto predominantemente filosófico. Está organizado em quatro partes: das causas primárias; do mundo espírita ou mundo dos Espíritos; das leis morais; das esperanças e consolações.

Na primeira parte, traz um tratado sobre Deus, o Universo, a Criação e o Princípio vital. Já na segunda, trata do “Mundo Espírita ou Mundo dos Espíritos”, transitando entre os dois mundos, o espiritual e o material. Na terceira, preocupado com a transformação do Ser, estuda com detalhes as “As Leis Morais”, começando pelas Leis divinas ou naturais.

Na última parte, Allan Kardec se preocupa em ensinar sobre o mundo espiritual, tratando “Das Esperanças e Consolações”. São abordados te­mas como felicidade, perda de en­tes, temor da morte, suicídio, céu, inferno, purgatório, e finaliza com uma visão geral de toda questão relacionada com o futuro depois da morte.