03/03/2017 às 19h15

Arrecadação de fundos para as crianças com Microcefalia no 33° FEEGO

Equipe de Redação Facebook Compartilhar

A médica Adriana Melo e o Psicólogo/Palestrante Espírita Rossandro Klinjey, foram ao 33º Congresso Espírita do Estado de Goiás, e realizaram uma grandiosa missão de arrecadar fundos para ajudar no cuidado de crianças com Microcefalia em Campina Grande-PB. 

Rossandro Klinjey contou como foi essa viajem no 44° MIEP e se emociona ao falar de uma história narrada por Adriana Melo.
Veja o vídeo:


Fotos

 
Rossandro e Adriana Melo do 33° FEEGO


Divaldo Franco, pede doações para o IPESQ  no encerramento do 33° FEEGO


Salvando vidas

“Adriana Melo é responsável por uma das mais importantes descobertas recentes da medicina, mas ela não está feliz. Ela está, aliás, bastante desesperada. Depois de revelar ao mundo, em 2015, a relação entre o zika vírus e a má-formação cerebral em crianças, Adriana deu início a uma travessia dolorosa. A questão nem é mais a dificuldade para vencer o preconceito e ser escutada – muito por causa disso o Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica demorou para considerar o que Adriana gritava lá de Campina Grande, na Paraíba, e a situação virou emergencial. A questão é que quase nada mudou e aquilo que ela chama de uma epidemia – a má-formação em fetos – só faz aumentar todos os dias. “E se minhas suspeitas estiverem corretas isso pode se espalhar para o Brasil e para o mundo”, diz.

“Há quase 20 anos, Adriana, que tem doutorado pela Unicamp, trabalha no setor de medicina fetal do Isea, maternidade pública de Campina Grande. Na mesma cidade, a segunda maior do estado, com 630 mil habitantes na região metropolitana e um importante polo industrial e de ensino superior, tem também uma clínica particular. Aos 45 anos, poderia trabalhar bem menos apenas na clínica e viveria sem tantas preocupações. Mas não é esse o caminho de Adriana. “Não tenho mais vida privada; hoje, em feriado faço necrópsia em crianças. Escolhi ser obstetra porque não gosto de morte, mas não vou me esconder agora”, diz.