23/07/2019 às 19h55

Um asteroide maior que a torre do Big Ben passará muito perto da Terra

Um asteroide maior que a torre do Big Ben passará muito perto do nosso planeta nesta quarta-feira (24), se aproximando mais da Terra que a Lua, revelam rastreadores de asteroides da NASA.

Sputnik Brasil

A NASA espera que o asteroide denominado de 2019 OD passará pelo nosso planeta. Ele foi classificado pela agência como um Objeto Próximo da Terra (NEO), em outras palavras, um asteroide cuja trajetória ocasionalmente cruza a órbita da Terra em torno do Sol, introduzindo um risco de colisão, de acordo com o tabloide britânico Express.

O corpo rochoso passará bem pertinho da Terra na tarde de quarta-feira, 24 de julho, menos de três semanas após ser avistado pela primeira vez, nesta ocasião o asteroide gigantesco irá passar pela Terra mais perto que a Lua.

Devido ao risco potencial que estes corpos celestes representam, o Congresso dos EUA encarregou a NASA de catalogar todos os NEO com pelo menos 1 km de envergadura.

Estima-se que as colisões com rochas a partir deste tamanho podem ter consequências catastróficas a nível global.

Os cometas se formam na parte gélida de fora do nosso sistema planetário e são normalmente compostos por gelo e particular de pó, por outro lado, os asteroides rochosos se formam maioritariamente na parte interior do Sistema Solar entre as órbitas de Marte e Júpiter.