04/06/2018 às 08h50

Ir e ensinar

Emmanuel / Chico Xavier

Facebook Compartilhar

“Portanto, ide e ensinai...” Jesus (Mateus, 28:19)



Estudando a recomendação do Senhor aos discípulos — ide e ensinai —, é
justo não olvidar que Jesus veio e ensinou.
Veio da Altura Celestial e ensinou o caminho de elevação aos que jaziam
atolados na sombra terrestre.
Poderia o Cristo haver mandado a lição por emissários fiéis... poderia ter
falado brilhantemente esclarecendo como fazer... Preferiu, contudo, para ensinar
com segurança e proveito, vir aos homens e viver com eles, para mostrar­lhes como
viver no rumo da perfeição.
Para isso, antes de tudo, fez­se humilde e simples na Manjedoura, honrou o
trabalho e o estudo no lar e, em plena atividade pública, foi o irmão providencial de
todos, amparando a cada um, conforme as suas necessidades.
Com indiscutível acerto, Jesus é chamado o Divino Mestre.
Não porque possuísse uma cátedra de ouro...
Não porque fosse o dono da melhor biblioteca do mundo...
Não porque simplesmente exaltasse a palavra correta e irrepreensível...
Não porque subisse ao trono da superioridade cultural, ditando obrigações
para os ouvintes...
Mas sim porque alçou o próprio coração ao amor fraterno e, ensinando,
converteu­se em benfeitor de quantos lhe recolhiam os sublimes ensinamentos.
Falou­nos do Eterno Pai e revelou­nos, com o seu sacrifício, a justa maneira
de buscá­Lo.
Se te propões, desse modo, cooperar com o Evangelho, recorda que não
basta falar, aconselhar e informar.
“Ide e ensinai”, na palavra do Cristo, quer dizer “ide e exemplificai para
que os outros aprendam como é preciso fazer.