Poemas & Poesias

Isaac Costa Souto

Isaac Vinícius Costa Souto, paraibano de São Bento (capital mundial das redes), defensor público, participa das atividades da Sociedade Espírita Francisco de Assis (SEFA), em São Bento-PB, bem como do movimento espírita no estado de Alagoas. Conheci a Doutrina Espírita há cerca de 5 anos. O Espiritismo mudou o meu modo de ver a vida, pois passei a enxergar com os olhos da alma. É motivo de grande alegria poder falar e escrever sobre essa Doutrina esclarecedora, tão bem amparada no Evangelho de Amor do nosso mestre Jesus.

‹ VEJA TODOS OS POSTS
04/11/2018 às 00h35

O bordado do tecido distorcido

Facebook Compartilhar

Regando a flora perdida
No reino dos animais
Há sempre uma rodovia
Diferente das demais,
Em um espaço aéreo
Exterminando o jamais.

Se é erro não calcular
O caminho percorrido,
Pode ser que o horizonte
Mostre o portal diluído
De toda a nossa vida
Bordada em um tecido.

Rasgando logo um pedaço
No tear dos nascimentos
A vida é a tinta sagrada,
Dilúvio de sentimentos,
Colorindo os alvos fios
No sopro dos cataventos.

Ao espetar das agulhas
Nas fibras mais altaneiras
O desenho ganha forma
No meio das ribanceiras
Dos ciclos em espirais
Esticados pelas fieiras.

Como fio rebelde da razão,
Um bordado tão distorcido
Por tanta boca no mundo
Clama para ser encarecido
Na linha que não abre mão
De gravar o amor pelo tecido.