Poemas & Poesias

Isaac Costa Souto

Isaac Vinícius Costa Souto, paraibano de São Bento (capital mundial das redes), defensor público, participa das atividades da Sociedade Espírita Francisco de Assis (SEFA), em São Bento-PB, bem como do movimento espírita no estado de Alagoas. Conheci a Doutrina Espírita há cerca de 5 anos. O Espiritismo mudou o meu modo de ver a vida, pois passei a enxergar com os olhos da alma. É motivo de grande alegria poder falar e escrever sobre essa Doutrina esclarecedora, tão bem amparada no Evangelho de Amor do nosso mestre Jesus.

‹ VEJA TODOS OS POSTS
21/02/2018 às 09h45

O caminho do mel

Facebook Compartilhar

Cruel é furtar das abelhas o mel
E ganhar o doce, sem doçura.
Não passa pelos sentidos do réu
O sabor amargo da procura.

O voo incansável entre as flores,
O tempo envolvido em conquistá-las,
O número infindável de favores
Realçam a amplitude das escalas.

Rompendo a ventania monarquista
No jardim de amor verde-esmeralda,
A abelha traz o pólen que conquista
Longos beijos da flor enamorada.

Enquanto permanece tão altiva
A cena do romance transitório,
Conduz o néctar solto na saliva
À Colmeia, seu fiel reservatório.

Entre as asas coletivas do labor,
Engenheiras da criação divina
Erguem o favo, o grande detentor
Do doce alimento que fascina.

Tentador é desviar tantas estradas
E roubar todo o mel abençoado.
De que vale ter as mãos adocicadas
Com o peito bastante ferroado?