Poemas & Poesias

Isaac Costa Souto

Isaac Vinícius Costa Souto, paraibano de São Bento (capital mundial das redes), defensor público, participa das atividades da Sociedade Espírita Francisco de Assis (SEFA), em São Bento-PB, bem como do movimento espírita no estado de Alagoas. Conheci a Doutrina Espírita há cerca de 5 anos. O Espiritismo mudou o meu modo de ver a vida, pois passei a enxergar com os olhos da alma. É motivo de grande alegria poder falar e escrever sobre essa Doutrina esclarecedora, tão bem amparada no Evangelho de Amor do nosso mestre Jesus.

‹ VEJA TODOS OS POSTS
26/12/2017 às 14h30

Retorno incessante

Facebook Compartilhar

Nos lauréis do amanhã
Olvidei os meus pecados
Ao saborear uma maçã
Solta dos pés envenenados.

A linha que traço no ar
Separa o que não se parte,
Desprende por não soltar
A água que achei em marte.

Descobrir é perder o rumo,
Não assumo a fuga da rota.
Se tiver que mudar o prumo
O lugar é que menos importa.

Quantas viagens em sinais
Abateram o meu sentido?
Nos retornos nunca iguais
Sou multiplicado e dividido.

A equação vital é peremptória:
Amar e respirar a cada dia.
Sem ar, a morte é provisória,
Sem amor, a vida asfixia.