Blogs

@espiritacg - Werlany

ⓦⓔⓡⓛⓐⓝⓨ ⓜⓐⓒⓘⓔⓛ Campina Grande - PB. Adm. Instagram: @espiritacg "A mɑior cɑridɑde que podemos fɑzer pelɑ Doutrinɑ Espíritɑ é ɑ suɑ própriɑ divulgɑção." ⓔⓜⓜⓐⓝⓤⓔⓛ

‹ VEJA TODOS OS POSTS
12/06/2018 às 07h55

Alma Gêmea

Facebook Compartilhar
Alma Gêmea existe mesmo? Ou nós que fazemos do outro nosso par ideal?

Muita gente sonha em encontrar sua alma gêmea, sua cara metade... aquele par ideal para viver um amor digno de contos de fadas. Mas a nossa realidade está muito longe dos contos com finais felizes da Disney, até porque não podemos falar em "final" como espíritos eternos que somos. A maioria acaba encontrando mesmo é alma que geme (rsrs) (só reclama), quando não vira algema. 

Vamos pensar direitinho... vivemos em um mundo de provas e expiações, estamos encarnados ainda com muitos defeitos a superar e assim é com quase todo mundo. Então, qual a probabilidade de encontrar esse par perfeito, esse príncipe ou princesa? Quase zero né?!

Não se ache azarada(o) se você ainda não encontrou a sua "metade da laranja". Nós reencarnamos inteiros.

Se serve de consolo alma gêmea nem existe. (Decepcionada(o)? Mas é verdade, veja nas perguntas abaixo.)

Em O Livro Dos Espíritos - Allan Kardec temos:

"298. As almas que devam unir-se estão, desde suas origens, predestinadas a essa união e cada um de nós tem, em alguma parte do Universo, sua metade, a que fatalmente um dia se reunirá?

“Não; não há união particular e fatal, de duas almas. A união que há é a de todos os Espíritos, mas em graus diversos, segundo a categoria que ocupam, isto é, segundo a perfeição que tenham adquirido. Quanto mais perfeitos, tanto mais unidos. Da discórdia nascem todos os males dos humanos; da concórdia resulta a completa felicidade.”

299. Em que sentido se deve entender a palavra metade, de que alguns Espíritos se servem para designar os Espíritos simpáticos?

“A expressão é inexata. Se um Espírito fosse a metade de outro, separados os dois, estariam ambos incompletos.”

Portanto não existe esse espírito que venha para completar outro. O que existe são almas afins, aquelas que por afinidade se ligam e conseguem passar por essa experiência a dois com sucesso. São aqueles casais em que tudo combina, e as diferenças se completam. São parceiros no sentido real do termo e conseguem passar pelas dificuldades da rotina com mais facilidade. Eles fazem por onde dar certo e buscam a felicidade do outro como buscam a sua. Ter a pessoa ideal ao seu lado requer renúncia de ambas as partes. O AMOR NÃO É SORTE, É CONSTRUÇÃO, e precisa de bases sólidas para suportar as tempestades que possam surgir.

Novamente em O Livro Dos Espíritos  - Allan Kardec, temos:

"939. Desde que os Espíritos simpáticos são levados a se unir,  como se explica que entre os encarnados a afeição frequentemente exista apenas de um lado e o amor sincero seja recebido com indiferença e mesmo com repulsa? Como, além disso, a mais via afeição entre dois seres pode se transformar em antipatia e, algumas vezes, em ódio?

— Não compreendes, então, que seja uma punição, embora passageira? Além disso, quantos há que pensam amar perdidamente porque julgam apenas as aparências, e, quando são obrigados a viver em comum, não tardam a reconhecer que se tratava somente de uma paixão material! Não é suficiente estar enamorado de uma pessoa que vos agrada e que supondes dotada de belas qualidades; é vivendo realmente com ela que a podereis apreciar. Quantas uniões, por outro lado, que a princípio pareciam incompatíveis e com o correr do tempo, quando ambos se conheceram melhor , se transformaram num amor terno e durável porque baseado na estima recíproca! É necessário não esquecer que o Espírito é quem ama, e não o corpo, e que, dissipada a ilusão material, o Espírito vê a realidade.

Há duas espécies de afeição: a do corpo e a da alma, e frequentemente se toma uma pela outra. A afeição da alma, quando pura e simpática, é duradoura; a do corpo é perecível; eis porque os que se julgam amar com um amor eterno acabam se odiando, quando passa a ilusão.

940. A falta de simpatia entre os seres destinados a viver juntos não é igualmente uma fonte de sofrimentos, tanto mais amarga quando envenena toda a existência?

—  Muito amarga, de fato; mas é uma dessas infelicidades de que, na maioria das vezes, sois a primeira causa. Em primeiro lugar, as vossas leis são erradas, pois acreditais vós que Deus vos obriga a viver com aqueles que vos desagradam? Depois, nessas uniões procurais quase sempre mais a satisfação do vosso orgulho e da vossa ambição do que a felicidade de uma afeição mútua. E sofreis, então, apenas a conseqüência dos vossos preconceitos.

940 – a) Mas nesse caso não haverá quase sempre uma vítima inocente?

– Sim, e isso é para ela uma dura expiação, mas a responsabilidade de sua infelicidade recairá sobre os que a causaram. Se a luz da verdade tiver penetrado em sua alma, ela se consolará com a fé no futuro. De resto, à medida que os preconceitos se enfraquecerem, desaparecerão também as causas das infelicidades íntimas."

Muitos casais unem-se por inúmeros motivos como questão social, familiar, dinheiro....e levados por ambição ou comodismo mantém relações que causam sofrimento para um dos dois, quando não, para o casal. Ninguém veio para sofrer. Ainda aqueles que precisam resgatar débitos pretéritos devem seguir a caminhada com resignação fazendo o melhor que lhes cabe pela relação. Se você decidiu unir seu propósito de vida a outro ser honre essa decisão lutando pela felicidade do outro. As ligações nunca são por acaso e nós nunca perdemos por amar. Perde aquele que não sabe receber, mas um dia também entenderá que quanto mais doamos mais recebemos. Não é promessa. É lei. 

É dando que se recebe. Doe-se para que a vida te envie tudo aquilo que deseja viver em uma relação afetiva. Faça pelo o outro tudo o que gostaria que fizessem com você. Esse o segredo das relações de sucesso. Se colocar no lugar do outro sempre.

E vamos amar! Não tenha medo de amar porque alguém te magoou. As vezes só não era pra ser. Siga amando que certamente só receberá amor no seu caminho. Pode não ser hoje, nem amanhã, mas seu dia certamente chegará, e enfim, vai entender o porquê de tudo que aconteceu até esse exato momento. Construa seu castelo ainda que sozinha. Quando ele estiver firme e você se amando como merece vai ter gente disputando para seguir contigo nesse reinado. Esse é o caminho. Ame-se, cuide-se e deixe que o tempo traga o que você cultivou/cativou.

E para os enamorados muita paciência, respeito, diálogo franco e amor para seguir juntos os planos traçados por Deus para vocês.

Werlany Maciel

Instagram : @espiritacg