Blogs

Elen Alarça - @elensouzaalarca

Olá pessoal, me chamo Elen Alarça. Sou mineira mas atualmente moro São Paulo. Sou formada em jornalismo e pós graduada em Marketing e Gestão. Trabalho para a TV Mundo Maior e Rádio Boa Nova, emissoras da Fundação Espírita André Luiz, onde atuo na área de gestão e também apresento o programa Boletim Espírita. Sou frequentadora do Centro Espírita Casa do Caminho onde sou aluna do curso de doutrina. Aqui vou compartilhar com vocês vários textos com ênfase espírita para juntos refletirmos.

‹ VEJA TODOS OS POSTS
14/10/2019 às 20h30

Idosos: uma reflexão social e espiritual

Facebook Compartilhar

Perto da estação onde eu morava, havia um idoso que vivia nas ruas por ali. Pele negra e um semblante sério.Havia algo naquele homem que muito me comovia. Um dia resolvi comprar um salgado e oferecer à ele. Hesitei um pouco com receio de que houvesse uma recusa com alguma pitada de má educação, devido a sua “cara brava”.


Me aproximei e ofertei o salgado e para minha surpresa aquele semblante que antes parecia marrento abriu espaço para um sorriso, quase que sem os dentes, mas com certeza, um dos sorrisos mais belos que vi. Pude enxergar naquele momento uma doçura que antes não havia notado. Daquele dia em diante, conheci o Jorge, 68 anos, sem família, sem apoio e sem muitas palavras. Infelizmente, ele faz parte de uma assustadora estatística de idosos que vivem pelas ruas da gigantesca São Paulo.

Uma pesquisa realizada em 2015 pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (FIPE) apontou que em São Paulo existe 15.905 pessoas vivendo em situação de rua e destas, 3.978 são idosos.

A falta de perspectiva de vida, de sonhos e esperanças, é muito presente nas falas dessas pessoas. Segundo o Estatuto do Idoso , o Estado deve garantir ao idoso a proteção à vida e à saúde, por meio de políticas sociais públicas que assegurem envelhecimento saudável e digno. Entretanto a realidade que nos deparamos frequentemente é um pouco diferente.

Em o Livros dos Espíritos, os espíritos superiores falam sobre a nossa responsabilidade com os idosos. Na questão 685 temos as seguintes orientações:


685. Tem o homem o direito de repousar na velhice?

 

“Sim, que a nada é obrigado, senão de acordo com as suas forças.”

 

Mas, que há de fazer o velho que precisa trabalhar para viver e não pode?

 

“O forte deve trabalhar para o fraco. Não tendo este família, a sociedade deve fazer as vezes desta. É a lei de caridade.”

Mas o que nos cabe fazer? Precisamos pensar acerca do amor ao próximo  ensinado e vivenciado pelo nosso grande mestre Jesus. Somos todos espíritos em jornada evolutiva, em processo de aprendizagem. Cuidar dos mais velhos vai além que uma responsabilidade do Estado, é um compromisso moral e individual de cada um de nós.


O idoso precisa e merece atenção, cuidados especiais, e às vezes paciência devido a fase de vida em que se encontra.Simples e diretamente, a espiritualidade reforça a nossa responsabilidade social e espiritual com aqueles que já possuem idade avançada e precisam de cuidados.

Então, a reflexão que quero trazer neste texto é: o que VOCÊ pode fazer pelos “vovôs” e “vovós” que estão próximos a você? Seja no âmbito familiar, em abrigos ou nas ruas...o que você pode fazer para contribuir para que tenham uma feliz terceira idade?

Às vezes, muitos deles apenas precisam de nosso carinho, de nossa atenção. E isso é algo que todos podem ofertar.


Referências - https://www.fipe.org.br/

O Livro dos Espíritos, Allan Kardec