Blogs

Cantinho Espírita

Olá! Meu nome é Anna, sou Paraibana e moro em Macapá/AP, tenho 31 anos e sou administradora da pagina "Cantinho Espírita" no Instagram e Facebook, há 4 anos, e agora colaboro com esse site incrível que disponibiliza para nós o conhecimento da nossa amada Doutrina Espírita! Trabalho na Casa Espírita Casa de Amor no bairro Infraero II, sou vinculada à Evangelização Espírita InfantoJuventil, completo neste ano (2018) dez anos de espiritismo. Meu objetivo? Divulgá-la com amor e caridade! Sejam todos bem vindos!

‹ VEJA TODOS OS POSTS
14/04/2018 às 08h00

Juntos com Jesus.

Facebook Compartilhar

O atual momento da Terra é de transição. Duas gerações se confundem. Uma assiste a entrada e saída da outra. É necessário que isso aconteça pois assim a Terra nunca iria prosperar e evoluir, assim asseverou Allan Kardec no livro “A Gênese”. Nesses momentos tão conturbados, que parecem cada dia mais tenebrosos, olhemos mais a diante.


Jesus é o governador da Terra. Ele está no Leme da Nau. Ela parece que vai tombar, mas Jesus é navegador experiente. Nós somos os tripulantes mas também marinheiros. Confiemos no capitão e façamos nossa parte.

Guerras e mais guerra, rompimentos dos laços mais puro na sociedade como a família, distorção de valores, violência exacerbada faz parte do cenário da transição que vivemos. Uma geração sai para a outra se instalar, ninguém vence o progresso. Em contrapartida, isso tudo que vemos dói em nossos corações. A morte de tantos, órfãos de filhos e de pais nos gera um mal estar tremendo. Voluntários tomam à frente nessas regiões tão assoladas para ajudar a quantos podem. ONGs são formadas para amenizar o frio, a fome, a solidão daqueles que sobrevivem. Aqueles que estão longe, emanam boas vibrações, exigem justiça, exigem a paz pois não aguentam mais tanta desolação. Grupos sociais são formados para mudar a tirania e o desgoverno que tanto mata em seus próprios territórios. Crianças mais empáticas, que se solidarizam com os outros, que nos ensinam sobre amar os animais e respeitá-los.

“Deus é mais belo nos dias trágicos.” já disse Paulo de Tarso. Mas sabe por que ele disse isso? Pois a dor nos une, a dor acende em nós a chama sagrada que é o amor. Sim, almas amadas, nunca houve tanto amor na Terra. Unamos nossos pensamentos para nossos irmãos na Síria, e para todos aqueles que sofrem devido ao egoísmo e orgulho humano, busquemos nas redes virtuais métodos de ajudar àqueles que padecem e continuemos nossos trabalhos no bem aqui onde estamos e vamos juntos, não mais sozinhos e desunidos, para a instalação do Reino dos céus aqui na Terra.

Fiquemos em paz e em prece.