@espiritaon #divulgandoobem
Colunas

Arthur Azevedo

Teólogo/Historiador paraibano natural de Campina Grande, vem levando o Evangelho de amor para aqueles humildes e aflitos, mostrando que, "aonde há esperança, não há escuridão".

‹ VEJA TODOS OS POSTS
04/05/2016 às 11h00

A Formula de Deus (E = m.c²)

Facebook Compartilhar

No inicio, nosso universo, surge há 14 bilhões de anos, antes éramos o nada, todo o espaço, toda há matéria e toda energia do universo conhecido no universo estava fundido em uma única força, Deus! Aonde todas as nossas teorias da matéria e espaço perdem seu significado.
Nessa origem, buracos negros se formam, espontaneamente, desapareciam e formavam-se novamente a partir da energia contida dentro do campo de força unificado. Igualmente são as dificuldades da vida, a escuridão com suas lágrimas de autoanalise são necessárias para formamos nossa psique moral em prol do bem, em condições extremas evoluímos para alçamos o equilíbrio necessário.
Pro seguindo adiante com o que é agora física, confirmada em laboratório, depois de 7 ou 8 bilhões de anos desse enriquecimento, uma certa estrela medíocre, (Sol), nasceu em uma região medíocre, (Braço de Órion), de uma galáxia medíocre, (a Via Láctea), em uma pequena parte do universo, (a Periferia do Super aglomerado de Virgem), de fato, somos pequenos como planetas e galáxias comparado ao cosmo, todavia, somos filhos da luz , os quais estamos interligado uns com os outros em nosso planeta e universo, o que pensamos e fazemos afeta a todos.
E tão só, alcançaremos a felicidade na sua plenitude, quando não restar uma só alma no obre terráqueo sofrendo, angustiada, compadecendo nas misérias humanas. Trabalhemos em pro do bem então, pois só assim iremos ser felizes por completo.
Estamos interligados, preocupamo-nos uns com os outros e sofremos ao ver o sofrimento alheio, pois somos uma grande família terra, assim são os filhos da luz, viemos da mesma essência, mas precisamos desperta nossa olhar para o alto, para as coisas boas que nos fazem crescerem. Deixemos o orgulho, o preconceito, e as vaidades humanas de lado. Só iram nos trazer dor e atrasar nossa passagem aqui na terra. Olhemos para Jesus e sigamos seus passos.
O cosmo feito por Deus tem um sistema perfeito, se, por exemplo, a terra tivesse se formado muito mais perto do Sol, os oceanos teriam evaporado. Se a terra tivesse se formado muito mais longe, os oceanos teriam se congelados. E assim é a vida, nada é por coincidência em nossa existência, nada acontece absolutamente por acaso, nem tão pouco por predestinação, mas digamos que cada ser humano está em seu lugar necessário, assim como as ordens dos planetas. Essa necessidade é para que mudemos, eduquemos nossas mentes, transcendemos nossas dimensões moral, sentimental, efetiva e psíquica, pois na lógica do pouco que podemos já compreender de Deus, ele é justo, bondoso e infinitamente amor, nada é por acaso!
Sim, o universo teve um início. Sim, o universo continua a evoluir, e sim, precisamos evoluir também, e para isso precisamos retirar as amarras do nosso subconsciente, se liberta do passado, olhar para o presente de forma consciente, analisar nossas imperfeições morais, acalmamos nosso coração e, diante das tormentas da vida, ver a luz! Não estamos simplesmente no universo, somos parte dele, somos parte de Deus!
Albert Einstein publica em 1905, uma versão de uma famosa equação, E = m.c² , trabalho esse que ficou conhecido como a teoria da relatividade espacial de Einstein, em que a energia é igual a matéria vezes o quadrado da velocidade da luz. Segundo Einstein, se um corpo emite energia “E” na forma de radiação, sua massa diminui; se a energia muda em “E” a massa muda no mesmo sentindo, essa formula nos permitiu retroceder e entender as frações infinitesimais de um segundo depois do nascimento do cosmo.
Da mesma forma são nossas vidas, quanto mais doamos e gastamos energia em pro do bem, nosso fardo é diminuído, quanto mais luz levarmos para vida dos irmãos sofredores, mais paz recebermos do alto, quanto mais perdoarmos, mais somos perdoado em nossos pecados, quanto mais caridosos somos, mas paz, mais luz e amor recebemos. Somos filhos da luz, sejamos também luzes na vida daqueles que sofrem!

Paz e bem para todos!
                                                                Por: Arthur Azevedo